Curso com certificado!

domingo, 31 de março de 2019

Assessor de deputada do PSL relata agressão em ato de comemoração a 1964


O ativista Leandro Mohallem, assessor da deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP), denunciou na tarde deste domingo (31) ter sido agredido em São Paulo durante um ato de comemoração pelo 31 de março de 1964, data do início do regime militar no Brasil. Em vídeo gravado dentro do hospital da Barra Funda, na capital paulista, Mohallem diz ter sido alvo de pauladas e chutes de militantes "antifas" (antifascistas) e de partidos políticos críticos à data, que completa 55 anos.


"Uma moça foi fazer um bolo para celebrar a data [31 de março de 1964]. E aí eu fui lá para comer o bolo, também, e ver uns amigos que eu tenho lá. O bolo era verde e amarelo, cores que eles odeiam", disse Mohallem. O assessor relata ter visto um grupo de opositores e sacado o celular do bolso para filmar um eventual ataque, momento em que as agressões teriam começado.
"Primeiro jogaram um cone. Aí veio um tentando me agredir com um pedaço de pau, e nisso eu caí no chão. Aí veio de tudo: veio chute, veio paulada", narrou. Em seguida, Zambelli completa: "ou seja, tentativa de homicídio".
A deputada publicou, em sua conta no Twitter, duas fotos do assessor: uma com a camiseta ensanguentada e uma segunda 45 minutos depois, já no hopsital, com a cabeça enfaixada. A queixa, segundo a deputada, foi registrada no 78º Distrito Policial (Jardins), mas a delegacia informou não poder dar informações sobre o caso. Zambelli afirma que um dos agressores foi detido. O Congresso em Foco pediu detalhes à Secretaria de Segurança Pública de São Paulo e aguarda retorno.
Mohallem ganhou projeção durante os protestos contra a ex-presidente Dilma Rousseff como membro do Juntos pelo Brasil, movimento criado em 2013 que se define, segundo a página do grupo no Facebook, como conservador e "pautado no respeito aos direitos humanos, à tradição judaico-cristã, à vida, à liberdade, à propriedade privada, à família tradicional, às Forças Armadas, à moral pública, e à participação política das massas".

Fonte: O Congresso em Foco

sábado, 30 de março de 2019

Livro com histórias de jornalistas relata episódios inusitados


“O Brasil não é um país sério” é uma frase que sempre foi atribuída ao ex-presidente da França Charles de Gaulle, mas o jornalista Aziz Ahmed garante que esta é uma das maiores fake news do jornalismo brasileiro. No recém-lançado livro “Memórias da imprensa escrita”, Ahmed publica esta e outras histórias, contadas por 26 jornalistas que comandaram as principais redações dos jornais cariocas na segunda metade do século passado.

Época em que Rio de Janeiro era capital federal, quando os jornalistas nem sonhavam com um mundo digital e as redações pensavam apenas em levar notícias fresquinhas assim que o dia começasse. As histórias são muitas, como a de uma que a polícia acabou com uma recepção ao presidente americano John Kennedy, após a denúncia de um vizinho que reclamou do barulho.

Nas 316 páginas do livro, estão episódios do cotidiano de redações de O Globo, Últimas Hora, Jornal do Brasil, Correio da Manhã. Contadas por mestres como Ricardo Boechat (morto em fevereiro deste ano em um acidente de helicóptero), os imortais Arnaldo Niskier e Cícero Sandroni, Pery Cotta, Henrique Caban e Aluizio Maranhão, entre outros.

Cada capítulo mostra um pouco dos bastidores e da sagacidade dos grandes editores da época. Milton Coelho da Graça, quando era editor chefe de O Globo, nos anos 1980, sempre consultava o contínuo Cigarrinho (um mulato alto, sempre com um cigarro no canto da boca) sobre as manchetes da primeira página do dia seguinte. “Seu Milton. Esta manchete não vai vender lá na Baixada. O povo de lá não vai entender nada disto”, sentenciava.

Bastidores

Na época colunista, Boechat conta que recebeu a notícia de que a apresentadora Xuxa estava grávida em uma tarde de sábado, durante a sua pelada semanal com amigos. E acreditou que podia guardar o “furo” até a edição de segunda-feira. No domingo, segundo ele, assistiu perplexo a Fausto Silva, o Faustão, dar a notícia em seu programa dominical.

A capa é assinada pelo desenhista Marcelo Monteiro, que desde 1962 faz ilustrações no jornal carioca O Globo. E a tipologia impressa é a mesma das antigas máquinas de escrever.

Apesar de toda nostalgia, “Memórias da imprensa escrita” se rende ao mundo digital. Ao final de cada capítulo, um QR-Code apresenta ao leitor um vídeo com o jornalista entrevistado. O aplicativo, explica o autor, também será usado para possíveis atualizações bibliográficas.

Histórico

Aos 80 anos, Aziz Ahmed começou no jornalismo em 1961 e passou pelas redações do Correio da Manhã, O Globo e Jornal do Commercio. Lecionou em universidades e foi chefe da Comunicação Social da Prefeitura do Rio de Janeiro.

Em tempo: o contínuo do jornal O Globo, o Cigarrinho, deixou a redação e foi trabalhar na assessoria de uma prefeitura em um município da Baixada Fluminense.

Agência Brasil.

Município de Lagoa Nova participa de mais uma etapa do Projeto Geoparque Seridó


Nesta sexta-feira (29), o Prefeito Luciano Santos, a Secretária de Turismo Josiane Gomes, participaram de um importante momento sobre o Projeto Geoparque Seridó junto a Secretaria de Estado do Turismo, Procuradoria do Estado, órgãos do Governo e prefeitos dos municípios integrantes do Projeto, que aconteceu no Centro de Convenções na cidade do Natal/RN.

Na pauta, foi apresentado o momento atual do Geoparque Seridó e o cronograma de Ações, e foram feitos os encaminhamentos para constituição do Consórcio como entidade de direito.

sexta-feira, 29 de março de 2019

Defensoria Pública pede à justiça para proibir comemorações pelo golpe de 64

O presidente Jair Bolsonaro, durante visita ao Chile, na semana passada — Foto: Marcos Corrêa/PR

Integrantes da ala mais moderada das Forças Armadas têm dito que são contra a decisão do presidente Jair Bolsonaro de determinar ao Ministério da Defesa que prepare as “comemorações devidas” pelos 55 anos do golpe militar de 1964.

Segundo o blog apurou, causou desconforto entre esses militares, alguns de alta patente do Exército, Marinha e Aeronáutica, a ideia de que é necessário “comemorar uma velha ferida nacional”.


Militares querem lembrar a data, mas não dar um tom de comemoração. Acham que isso pode ter o efeito oposto ao desejado.

O regime militar deixou números conhecidos, como os mais de 400 desaparecidos políticos citados pelo colunista do G1, Hélio Gurovitz.

Um relatório do “Projeto Brasil: Nunca Mais” registra também os relatos de tortura no período: 1.843 pessoas fizeram 6.016 denúncias de violações de direitos humanos, sendo 4.918 contra homens e 1.098 contra mulheres.

A colunista Dorrit Harazim lembrou, na coluna deste domingo (25) do jornal “O Globo“, que o presidente, na tentativa de defender os governos militares em toda a América do Sul, ofendeu a história do Chile, do Cone Sul e o julgamento universal de humanidade.

Convenções europeias fizeram referência à Declaração Universal do Direitos Humanos, proclamada pelas Nações Unidas ainda no final da década de 1940. Ou seja, em meados do século passado.

A declaração nasceu do trauma pós-Segunda Guerra Mundial, quando vários países se juntaram para elevar novos alicerces para a sociedade depois da barbárie. A ideia era a de que direitos humanos não têm partido – são um marco civilizatório básico, comum a toda a humanidade.


O entendimento de que é preciso respeitar a memória das vítimas daquele período, já que muitas das torturas e mortes foram produzidas em prédios públicos, sob o comando de agentes do Estado, não favorece apenas um lado da história, mas a sociedade brasileira como um todo.

Ditaduras foram sangrentas seja à esquerda ou seja à direita do espectro político. No capítulo 59 do livro que escrevi sobre o regime militar (Em Nome dos Pais, Ed. Intrínseca, 2017), conto como uma família finlandesa que conheci foi brutalmente perseguida pelo regime soviético.

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, por exemplo, tem uma trajetória política à direita, mas resolveu marcar posição de distanciamento em relação a Bolsonaro quando os assuntos são ditaduras sul-americanas, criticando-o abertamente.

Os dados sobre torturas e mortes chilenas sob ditadura são ainda mais violentos que os brasileiros. Por isso, não se trata de ser de direita ou de esquerda, mas de valores universais e marcos civilizatórios. Mesmo sendo de direita, Piñera fez questão de chamar as declarações de Bolsonaro de “extremamente infelizes”.

G1

Polícia Mirim recebe orientações de combate a dengue

O Projeto Polícia Mirim, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, realizou na manhã desta quinta-feira (28), um palestra de formação sobre o cuidado com o Mosquito Aedes Aegypti.
Foi apresentado para todas as crianças, o cuidado que se deve ter ao chover, ou com água parada, onde relatou sobre as doenças transmissoras da Dengue, Zica e Chikungunya. Para que as crianças pudessem também orientar aos pais sobre o mosquito.

quinta-feira, 28 de março de 2019

Fátima consegue apoio para projetos que fortalecem agricultura


Ministra garante apoio a projetos para fortalecer Agricultura do RN (ASSECOM/RN).

A ministra Teresa Cristina Corrêa garantiu apoio aos projetos apresentados pela governadora Fátima Bezerra para o fortalecimento da agricultura no Rio Grande do Norte, entre eles a liberação de 4,8 milhões para a regularização fundiária em 13 municípios do Rio Grande do Norte, medida que dá segurança jurídica e abre caminho para inserir o trabalhador rural nas políticas públicas de desenvolvimento da agricultura familiar.

Em audiência realizada na noite desta quarta-feira (27), em Brasília, a ministra da Agricultura assumiu o compromisso de liberar a segunda parcela de um convênio, no valor de R$ 853 mil, para operar o Programa Nacional de Crédito Fundiário no RN. 

Também foram entregues outros pleitos, importantes para o setor, como a conclusão do terminal pesqueiro de Natal, a regulamentação da pesca de atum e as questões relacionadas à GTA - Guia de Trânsito Animal - para o camarão, além de recursos destinados à capacitação de quase 1.000 pescadores artesanais, qualificando-os para o uso da vela e de equipamentos de georreferenciamento (GPS) nas embarcações.

A audiência desta quarta-feira foi um desdobramento da visita que Teresa Cristina fez ao Rio Grande do Norte em fevereiro, quando visitou áreas de fruticultura irrigada na região Oeste. Fátima aproveitou para sugerir ações do Governo Federal para abertura do mercado chinês ao melão do Rio Grande do Norte.

A Governadora esteve acompanhada dos secretários Alexandre Lima (Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar), Guilherme Saldanha (Agricultura, da Pecuária e da Pesca), bem como da bancada federal representada pelos deputados Natália Bonavides e Rafael Motta e o senador Styvenson Valentim, além do empresário e presidente do Sindpesca/RN, Gabriel Kalzavara.

ASSECOM/RN

quarta-feira, 27 de março de 2019

terça-feira, 26 de março de 2019

Jornalista de Cerro Corá, entre os que receberam comenda na Assembleia

Valdir, recebeu comenda, das mãos do Deputado Nelter Queiros (Foto: ALRN).


Homenageados, entre os Deputados Estaduais do RN (Foto: ALRN).

Nesta terça-feira (26/3), aniversário de 69 anos de fundação da Tribuna do Norte, jornal impresso mais antigo em circulação no RN, criado pelo Jornalista Aluízio Alves, foi lembrando, em sessão especial na Assembleia Legislativa. A prepositura da solenidade é do presidente do parlamento estadual, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB). 

Na ocasião, 23 profissionais de gerações diferentes, receberam homenagens, incluindo os pioneiros (in-memoria), diretores, repórteres, editores, colunistas e chargista. E, dentre os agraciados, também recebeu a comenda o jornalista cerrocoraense José Valdir Julião, que têm 40 anos de redação e 30 de atuação na Tribuna do Norte.

Valdir, em 1982, gradua-se em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), com passagens pelos extintos diário “A República”, onde começou a carreira em maio de 1979, como repórter esportivo e, depois, no semanário “Dois Pontos”, no qual chegou a subeditor e, atualmente, exerce a função de repórter de geral no diário “Tribuna do Norte”, após atuar, principalmente, na cobertura política. Colaborou com coluna mensal, na revista Giro Seridó e mantém o blog Cerro Corá News. 



Em 7 de abril de 2017, Julião também havia recebido comenda da Assembleia, em razão da passagem do Dia do Jornalista. A época, a horaria foi entregue pelo o Deputado Ricardo Motta. Vale ressaltar que, que o cerrocoraense é irmão gemio do também jornalista José Vanilson Julião. Seu pai José Julião, foi vereador por Cerro Corá durante três legislaturas (1957-1970) e prefeito.

Eliabe Alves- Repórter e editor.

segunda-feira, 25 de março de 2019

Monsenhor Tércio continua com quadro de saúde regular



O religioso curraisnovense,  que está fora de risco de morte, por mais de 50 anos, reside  em  na cidade de Caicó/RN (Foto: Paulo Henrique Romão).

Com quadro de saúde regular, o  Monsenhor Ausônio Tércio de Araújo, de 83 anos,   continua internado no hospital São Lucas, na capital Potiguar.  De acordo com seu amigo  José Mário,  pároco no município de Lagoa Nova/RN,  que é um de seus acompanhantes no hospital, o Monsenhor será transferido para um apartamento no mesmo Hospital.   Mas, por orientação médica, pelo menos até manhã, as visitas ao paciente, se mantém de forma  restrita  à familiares e pessoas próximas e, sobretudo, ainda não há previsão para alta.

O Monsenhor Ausônio Tércio,  ao celebrar missa no  sábado (23/3),  na Capela São Camilo de Lélis, em Caicó/RN, sofreu uma hemorragia no intestino. Foi levado para o Pronto Atendimento da Unimed e atendido pelos médicos Oberdan Damásio e Luiz Dutra, que o encaminharam para a UTI do Hospital Regional.

No domingo(24), o médico Oberdan, chegou a dizer: “No momento não há risco de morte”. Mesmo fora de risco, o Monsenhor Tércio, foi encaminhado para Natal, onde passou  receber cuidados médicos específicos.

O religioso curraisnovense, que por mais de 50 anos, reside  em  Caicó/RN, é escritor, professor universitário aposentado, ex-diretor do colégio Diocesano e ex-diretor da rádio Rural.

Eliabe Davi Alves-Repórter e editor.

sábado, 23 de março de 2019

Cerro Corá sedia audiência publica da pavimentação da RN-087


A pauta da reunião foi discutir  trecho da RN-087,  interliga as cidades de Lagoa Nova a Cerro Corá (Foto Aristeia Dantas).
O sonho acalentado pelo povo serrano, de usufruir dos beneficios da pavimentação da estrada, que interligará as micros regiões de Serra de Santana e Potengi, conhecida por "Estrada do Potengi" ou "Estada da Produção", neste sábado (23/o3), parece sair da inercia; ganhando novo folego,  diferente do preconizado por  governos estaduais anteriores,  que começaram a obra e outras audiências defendiam a feitura  de forma integral.  Ficando restrito,  com maior brevidade, a execução do trecho entre lagoa Nova e Cerro Cora. 

Apesar de esforços de lideranças municipais, depois de iniciada e parada,  tudo indica que obra passará para execução no varejo, não mais no atacado, como prevê o projeto original. Que segundo se sabe, proporcionará melhor eficiência no escoamento da produção agrícola,  que à grosso modo, mais de um governo prometeram a conclusão, se utilizando da promessa como peça retórica ou instrumento de barganha eleitoral. 

Hoje, na Escola Manoel Belmino dos Santos, zona rural de Cerro Corá,  na margem da estrada de terra 087, aconteceu mais uma audiência Publica, para discutir o modus operandi  da execução da estrada. Apesar do trecho ser do interesse dos municípios de Lagoa Nova e Cerro Corá, como aliada política, a governadora optou por honrar a prefeita Graça, com a sede da reunião em seu município. 

No encontro, representando a Governadora Fátima Bezerra, coordenou os trabalhos, o  secretário de Gestão de Projetos do estado, Fernando Mineiro,  com apresentação do projeto, que inclui  assinaturas de proprietários de terras, remanejamento de cercas ou muros estruturação, revestimento asfáltico, drenagem e sinalização numa extensão de 14,84 km.

Na oportunidade, Prefeituras assinaram termos. Movimentos sindicais, associações, comerciantes, órgãos públicos e minguadas instituições reprensentatividades religiosas, se comprometeram em promover adesão, para   conscientizações as pessoas, em o prazo para conclusão das assinaturas será 08 de abril de 2019.


Na reunião, além do Secretário de Estado Fernando Mineiro,  estiveram a Prefeita anfitriã do município anfitrião Graça Oliveira,  Vice-Prefeito Zeca Araújo, Prefeito de Lagoa Nova Luciano Santos, Presidente da Câmara de Vereadores cerrocoranses Rodolfo Gudes,  demais vereadores, secretários municipais,  sindicalistas, presidentes de associações, fórum das Associações rurais, produtores rurais, empresários, religiosos  e lideranças políticas locais. 

Repórter e editor.

Governo do RN convoca novos professores efetivos e temporários


O Governo do Estado publicou, na edição nesta sexta-feira (22) do Diário Oficial do Estado (DOE), a convocação de 30 professores para o quadro efetivo da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura. Trata-se da primeira convocação de educadores deste ano. Esses profissionais serão distribuídos pelas unidades de ensino estadual espalhadas pelas 16 diretorias regionais de Educação e Cultura.

A convocação é referente ao edital 001/2015, em substituição aos candidatos que não se apresentaram na última convocação de 2018. O DOE também traz a convocação de outros 58 professores temporários, referente aos editais Nº 001/2017 e 001/2018 SEE/RN. Estes irão atuar nas 57 escolas do Estado que possuem turmas de educação profissional.

Os professores efetivos são das áreas de Pedagogia (anos iniciais e educação especial), Biologia, História, Química, Sociologia, Língua Portuguesa, Matemática, Educação Física e Especialista de Educação (suporte pedagógico). Já do eixo tecnológico, os temporários atuarão nas disciplinas Informática, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Industrial e Sistemas Elétricos, Segurança no Trabalho, Administração, Meio Ambiente, Energia Renovável, Nutrição e Dietética, Manutenção e Suporte em Informática, Turismo, Agroecologia, Mineração e Edificações.

Os convocados às vagas efetivas terão trinta dias, a partir desta publicação, para se apresentar nas Direcs para as quais os aprovados se inscreveram com a documentação exigida no edital de 2015. Os convocados dos editais Nº 001/2017 e 001/2018 terão vinte dias, a partir da data da publicação no Diário Oficial do Estado. Toda a documentação, exames exigidos e local para inspeção médica admissional e entrega de documentos estão listados na convocação.

SESAP/ASSECOM-RN

sexta-feira, 22 de março de 2019

Charge de O Jornal da Serra


Charge de O Jornal da Serra


Projeto Geoparque do Seridó entra na pauta da AMSO


A Associação dos Municípios do Seridó Oriental (AMSO) começaram a debater o Projeto Geoparque Seridó e a Criação do Consórcio Geoparque, com os prefeitos sendo informados que serão feitos cursos para servidores dos municípios associados. O presidente da AMSO, Sally Araújo (PSD), que é prefeito de Cruzeta, reuniu os prefeitos na quarta-feira (20), ocasião que eles assistiram uma palestra do professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Marcos Nascimento sobre o tema. 

O Geoparque fomenta o turismo na nossa região. Não tenho dúvidas que esta é uma demanda muito importante para o desenvolvimento do Seridó e o Rio Grande do Norte reconhecendo os municípios que compõe o polo e formam hoje o Consórcio Geoparque”, contou Sally. 

O professor Marcos Nascimento disse que “o convite de vir ate a Associação foi de suma importância porque conseguimos unir os seis municípios que fazem parte do Geoparque e os demais a favor do bem comum que é o desenvolvimento territorial sustentável, agora na ótica de um consórcio que será o Consórcio do Geoparque Seridó”. 

Na Assembleia Legislativa, o deputado Francisco do PT, afirmou que “o conceito de geoparques surgiu nos anos 1990, para conservar e melhorar áreas com importância geológica. O nosso já existe, com 2.800 quilômetros quadrados, e precisa ser efetivado por meio de um consórcio entre os municípios, preservando os seus 16 geossítios”. 

Francisco do PT destacou o quanto a UFRN tem colaborado com o Geoparque do Seridó, na pessoa do professor Marcos Nascimento, assim como o Sebrae e a Secretaria de Estado do Turismo. Dentre os geossítios, estão a Mina Brejuí, o Monte do Galo, o Canyon dos Apertados e os açudes Gargalheiras e Boqueirão. 

Por Valdir Julião- Jornalista

quinta-feira, 21 de março de 2019

Senadores mostram solidariedade a Kajuru após ação de Gilmar Mendes


Senador acusou ministro do Supremo Tribunal Federal de "vender sentenças" e presidente da Corte pediu providências (Foto da internet).
Um ofício do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes pedindo "providências"em relação a declarações do senador Jorge Kajuru (PSB-GO) teve repercussão negativa no Plenário do Senado nesta terça-feira (19).

Vários senadores se solidarizaram com Kajuru, que voltou a criticar o ministro do Supremo e classificou o ofício como um “atestado de idoneidade”. O caso foi citado em pronunciamentos que cobraram a instalação da CPI dos Tribunais Superiores.
O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, defendeu equilíbrio e respeito entre os Poderes da República, mas manifestou solidariedade a Kajuru.
O presidente da Casa destacou o art. 53 da Constituição, segundo o qual "os deputados e senadores são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos".

Em agradecimento às palavras de apoio do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que, apesar de não endossar os termos usados por Kajuru, defendeu suas prerrogativas, o parlamentar reiterou que a Constituição defende o direito de expressão dos parlamentares.

Kajuru também citou a ocasião em que, durante julgamento do Supremo, Gilmar chamou um procurador de “gângster”:
"Ele [Gilmar] tem esse direito e eu não tenho direito de usar um adjetivo contra ele?", indagou.

Kajuru desafiou os institutos de pesquisa a apurar o que o povo brasileiro pensa de Gilmar Mendes: segundo ele, 100% da população acompanhariam sua opinião negativa sobre Gilmar.

Ser processado dessa forma por um homem da mínima estatura moral de Gilmar Mendes é um atestado de idoneidade", disse.

Em ofício ao presidente do STF, Dias Toffoli, Gilmar Mendes solicitou “providências que entender cabíveis” diante de declarações de Kajuru, repercutidas nas redes sociais.

Agência Senado.

Carteira de radialista poderá valer como prova de identidade, aprova a CAS

Foto da Internet
A carteira de radialista poderá valer como prova de identidade em todo território nacional. É o que prevê Projeto de Lei da Câmara (PLC) 153/2017, aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS), nesta quarta-feira (20). O texto, de autoria do ex-deputado André Moura, segue agora para análise da Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) e, depois, vai à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).
De acordo com a proposta, o documento será emitido pelo sindicato da categoria e, na inexistência deste, por federação devidamente credenciada e registrada junto à Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia. Já o modelo da carteira de identidade do radialista será aprovado por federação desses profissionais e trará a inscrição “Válida em todo o território nacional”.
Ao justificar sua proposta, André Vargas argumentou que essa reivindicação da categoria é antiga. A intenção é aplicar a mesma medida constante da Lei 7.084, de 1982, que atribui valor de documento de identidade à carteira de jornalista profissional.
O relator do projeto, senador Jorge Kajuru (PSB-GO), emitiu relatório favorável, com uma emenda de redação. Ele adaptou a proposição à nova denominação do “Ministério do Trabalho”, substituindo a expressão por “Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia”.

Agência Senado.

quarta-feira, 20 de março de 2019

Apoio cultural


Com igreja lotada, Pastor Erivan é oficializado, no comando eclesiastico da igreja de Lagoa Nova

Pastor Erivan, recebe das mão dos supervisor de campo, a Bíblia, símbolo da posse na igreja de Lagoa Nova (Foto JS).

O Pastor Israel Caldas, supervisor do campo eclesiástico de Currais Novos/RN, empossou no templo sede da Assembleia de Deus, em Lagoa Nova/RN, centro, nesta terça-feira (19/3), por volta da 19hs, o Pastor José Erivan, 9º obreiro, que  passa dirigir os destinos eclesiais da igreja local. Na homilia, o supervisor do campo, discorreu acerca da satisfação do acolhimento ao novo dirigente. "Louvo a Deus, por Pastor Erivan está conosco, para continuarmos a obra do senhor", enfatizou o Pr. Israel.

No templo lotado, de membros lagoanovenses, caravanas Seridó, Oeste e Agreste, Vice Prefeito Iranildo Aciole, esposa Alexandra e a Secretária do Município Josiane Gomes,  que prontamente, se despediram do Pr. Haroldo e Família e, consequentemente,  prestigiaram a solenidade e deram os comprimentos  ao casal José Erivan e Eriane Moura, que voltam para igreja de origem, sendo que agora, para dirigi-la em gestão que será por período indeterminado. 

Os recém empossados, estão no mesmo local que  os pais e irmãos congregaram, onde ambos passaram a juventude e vivenciaram a experiência do enlace matrimonial. Na cidade, onde também o então jovem Erivan,  chegou a exercer a atividade de feirante. Em em sua primeira mensagem, o Pastor Erivan,   resumiu sua palavras em agradecimentos : "Sou grato a Deus pela minha família, as pessoas que vieram para minha posse e, sobretudo, a igreja do Senhor que está aqui".


Com o passar dos anos, a começar por  08 de faveiro de 1981, vieram apascentar a cristandade assembleia no município, que hoje, têm cerca de 250 membros,  pastores com maiores e menores contribuições, em beneficio da  expansão e fortalecimento seara espiritual local

A reportagem de O Jornal da Serra, aproveita o memento, para trazer a lembrança dos leitores, os obreiros passados:  Trajano Porto (In-memória), José Flor, Severino Gomes, Davi Clemente ( In-memória), Manoel Rodrigues, Severino Coriolano, Josué Lira e Haroldo Souza.

Eliabe Davi Alves-Repórter e editor.

Corpo ministerial, introduziu  a família do nosso do novo obreiro,  por meio de  oração de  oficialização no comando da igreja (Foto JS).

Rito de entrada da família pastoral, sob olhares testemunhais dos evangélicos e convidados, acompanhada pelo ministério local (Foto JS).
Parte dos obreiros do campo prestigiaram a posse (Foto JS).



Igreja lotada, assiste a despedida do Pastor Haroldo Oliveira e  família, seguida pela posse, do Pastor José Erivan e família(Foto JS).


Vice-Prefeito Iranildo Aciole, esposa Alexandra e a Secretária do Município Josiane Gomes,  se despediram do Pr. Haroldo e Família e, consequentemente, ofereceram  os comprimentos  ao casal Pr. José Erivan e Eriane  Moura (Foto JS),

NELTER REFORÇA APELO DE DISPENSA DOS TRIBUTOS PARA MOTOS ATRASADAS


O deputado Nelter Queiroz (MDB) reforçou, durante sessão plenária na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (19), o pedido ao Governo do Estado de dispensa da cobrança de impostos em atraso por parte dos proprietários de motocicletas. De acordo com o parlamentar, a maioria dos devedores é de baixa renda e estão em dificuldades financeiras para honrar seus débitos.

“Quero reforçar esse apelo a governadora Fátima Bezerra que já me assegurou que enviaria um Projeto de Lei para regularizar a situação dessas motos. Busco esse direito paras as pessoas simples e humildes”, disse Nelter.

Nelter Queiroz citou como exemplo a Paraíba, onde o Refis concedido está promovendo uma dispensa ou redução nas multas, juros e acréscimos de até 100%, a fim de que os proprietários de motos e veículos regularizem suas pendências.

Ainda durante o pronunciamento, Nelter fez um esclarecimento sobre a Ordem de Serviço para obra do açude Pataxó. “Semana passada aconteceu uma audiência pública em Ipanguaçu e foi dito que a Ordem de Serviço para o açude havia sido emitida por Ivan Júnior, quando secretário de Recursos Hídricos do Governo Robinson. É preciso reforçar que os recursos para a obra são do Governo Cidadão e a Ordem de Serviço foi emitida em outubro do ano passado por Vagner Araújo”, esclareceu Nelter.

ALRN

terça-feira, 19 de março de 2019

Assembleia de Deus empossa novo dirigente em Lagoa Nova

Pastor José Erivan,  será o 9º obreiro, que dirigirá os destinos eclesiais da igreja lagoanovense (Foto cedida).

No templo sede da Assembleia de Deus, em Lagoa Nova/RN, da Rua Laurentino Alves S/N, centro, nesta terça-feira (19/3), por volta da 19hs, acontece a cerimônia de posse do Pastor José Erivan que será o 9º obreiro, que dirigirá os destinos eclesiais da igreja lagoanovense. A liturgia,  será presidida pelo Pr. Israel Caldas, supervisor do campo eclesiástico de Currais Novos/RN.

Após quatro anos e oito meses, pastoreado a cristandade assembleiana local, com um total em torno de 250 membros, o Pastor Haroldo Souza, passa o cajado para o obreiro José Erivan, que está vindo, depois de uma gestão à frente da Igreja de São Rafael/RN. O casal José Erivan e Eriane voltam para igreja de origem, sendo que agora, para dirigi-la em gestão que será por período indeterminado. O templo onde os já empossados celebrarão os cultos, é o mesmo local que  os pais e irmãos congregaram, onde ambos passaram a juventude e vivenciaram a experiência do enlace matrimonial.

Ontem (18/04), o Pr. Haroldo junto a esposa Elizeuma e as filhas Sara e Sofia,  no  agreste potiguar, foram oficializados na direção da Igreja de Piquiri, distrito de Canguaretama/RN.

O modus operandis  da troca de pastores, a piore, não foi compreendida pelos membros da igreja lagoanovense, que na qual não tiveram participação. Sendo assim, urge a necessidade da denominação avançar em transparência e participação democrática. Os pastores presidentes, assim como os papas católicos, ainda são eleitos entre si, para mandatos com durações vitalícias.

História

A denominação evangélica filiada à Convenção Geral do Brasil, em Lagoa Nova/RN, foi fundada m 08 de fevereiro de 1981, pelo saudoso Pastor Trajano  de Melo (1913-2012), onde pregou o evangelho durante  11 anos, com uma vida de simplicidade, pautada nos princípios da fé cristã, com voz mansa, aconselhando suas ovelhas com piedade, movido pelo desejo de vê-las todas no aprisco do mestre supremo.

Celebrando cultos em um salão ao lado de sua acolhedora residência ou em casas de famílias e até mesmo andando de carroça de boi, sempre com o objetivo de semear a Palavra de Deus na zona rural, enfrentando com zelo e carinho a aridez dos corações humanos. Com recursos próprios, de sua aposentadoria e mão de obra voluntária da irmandade, construiu  o primeiro templo evangélico da cidade

Carpinteiro, ele próprio, confeccionou os bancos, portas e janelas da igreja. Com ajuda e compreensão de voluntários e sua dedicada esposa, a Sra. “Rosinha”, Rosa Martins de Melo (1921-2014), que instalou o círculo de oração e a escola Bíblica. 

Depois do prioneiro Pr. Trajano,  vieram apascentar as ovelhas espirituais do município, pastores, uns com maiores e menores contribuições  a expansão e fortalecimento seara espiritual local, são eles:  os Pastores: José Flor, Severino Gomes, Davi Clemente ( In-memória), Manoel Rodrigues, Severino Coriolano, Josué Lira e Haroldo Souza.

Eliabe Davi Alves-Repórter e editor.


segunda-feira, 18 de março de 2019

Dia Mundial da Àgua: Governo fará programação na obra da Barragem de Oiticica



Com o tema “Água para Todos”, proposto pela Organização das Nações Unidas, será comemorado na próxima sexta-feira (22/03) o Dia Mundial da Água. Para marcar a data, o Governo do Estado realizará um evento na comunidade Barra de Santana, na zona rural do município de Jucurutu, colocando o Seridó no centro das discussões hídricas estaduais, lembrando que este bem é um direito humano.

Ao levar a agenda do Dia da Água para a comunidade, junto das obras da Barragem de Oiticica, um símbolo das ações de combate à estiagem no estado, o Governo reafirma o compromisso sugerido pela ONU de levar água para todos. Durante toda o dia, as discussões estarão centradas no tema recursos hídricos. O evento tem como tema “Água: um direito humano e um bem comum da natureza” e será promovido em parceria com Movimento dos Atingidos e Atingidas pelo Construção da Barragem de Oiticica, a Diocese de Caicó / SEAPAC, as prefeituras municipais de Jucurutu, São Fernando, Jardim de Piranhas e com o Comitê de Bacia Hidrográfica (CBH) Piancó-Piranhas-Açu.

Dia da Água terá apresentações culturais e palestras

A programação do Dia Mundial da Água terá início às 8h, com a apresentação cultural do Bloco do Magão, conhecida agremiação do carnaval de Caicó, que tocará machinhas com o tema água. Na sequência, o grupo Trapiá Cia Teatral encenará a peça “Chico Jararaca”, contando as histórias do cangaceiro seridoense que se preocupa com a escassez hídrica no Bioma Caatinga.

Durante todo o evento, uma estrutura com tendas levará informações sobre o andamento da obra da barragem, uso racional da água, gestão de licenças e outorgas de água, tecnologias de convivência com o semiárido, além de atividades culturais e degustação de produtos regionais.

Com o tema “Fontes de água para consumo humano e produção de alimentos no semiárido Potiguar” será realizada uma mesa de diálogo reunindo as seguintes instituições e representantes: Instituto de Gestão das Águas do RN – IGARN (Caramuru Paiva); Movimento de Articulação Semiárido Potiguar – ASA Potiguar (Marcílio Lemos); Serviço de Apoio aos Projetos Alternativos Comunitários – Seapac (Damião Santos); Agência de Desenvolvimento Sustentável do Seridó – ADESE (Emílio Gonçalves); e Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN (Profa. Rebecca Luna Lucena).

Celebrando a resistência do sertanejo, ao meio dia será celebrado um ato ecumênico conduzido pelo Bispo Diocesano de Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz Santos e pelo pastor Anchieta Júnior de Souza da igreja evangélica Assembleia de Deus.

Governadora participa da programação

Os debates terão sequência à tarde com a mesa de diálogo intitulada “Água como um direito humano e um bem comum da natureza: Agenda Hídrica do Governo do Estado”. Esta mesa contará com a presença da governadora Fátima Bezerra, do presidente do CBH do Piancó-Piranhas-Açu, Paulo Varela e do representante do Seapac, Dom Jaime Câmara.

O evento será encerrado com o grupo quilombola de forró pé de serra “Os Palitozinhos” da comunidade Furna da Onça, em Caicó. O evento tem o apoio da Fundação Luterana de Diaconia, Consórcio EIT/Encalso, KL Engenharia, Massas Jucurutu, Massas Santana e Sertão Jucurutu Laticínios.

Programação terá quatro dias

Além das atividades que serão realizadas na sexta-feira (22), a programação inclui eventos no decorrer da semana. Na quarta-feira (20), será realizado o IGARN Itinerante, programa que leva as atividades de cadastramento de usuários de água, para atender os usuários de Jucurutu e região. A atividade terá início às 8h, no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Jucurutu.

Já na quinta-feira (21), ainda em Jucurutu, o Igarn realiza ações de educação ambiental através do programa Água Nossa, nos seguintes horários e locais: 7h15 e 15h20, na Escola Estadual Antônio Barbosa; 9h15, na Escola Janúncio Afonso; e 10h30 e 13h15 na Escola Municipal Wagner Lopes.

No domingo (24), às 7h, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), através da Associação de Servidores da Caern e do Sindágua, realizará a 1ª Corrida da Água para servidores. O evento terá percurso de 5 km no entorno da UFRN.

Sobre a Barragem de Oiticica

É uma das maiores obras de infraestrutura hídrica já realizadas no RN. Será o terceiro maior reservatório do Estado e é esperada há mais de 50 anos, beneficiando diretamente 350 mil habitantes em 17 municípios do estado. Com capacidade para 556 milhões de metros cúbicos, a obra atenderá, indiretamente, toda a população dos municípios do Seridó, Vale do Açu e região Central do Rio Grande do Norte, beneficiando mais de 500 mil pessoas. O reservatório vai represar águas do rio Piranhas/Açu e vai receber as águas da Transposição do Rio São Francisco, outra obra priorizada pela governadora. As obras da parede da barragem se encontram com um percentual de execução de 70% concluídas.

ASSECOM

Centro de treinamento de futebol realiza mais uma rodada de competições em Lagoa Nova


Imagem da Internet
No ultimo fim de semana, mais uma vez a bola rolou em Lagoa Nova/RN. No Centro de Treinamento Racing Fut 7,  neste domingo (17), aconteceu mais duas partidas, valendo posições no campeonato 7 da  casa,  dirigida pelo desportista Carlos Alberto, "Zanata", que também é  idealizador do evento esportivo. O campeanado mencionado, têm  apoios dos sócios, iniciativa privada  e Coordenadoria Municipal de Desportos.

 CONFIRA OS PLACARES DESSE FIM DE SEMANA:

Racing 0x4 Independente
 Racing 2X4 America

sábado, 16 de março de 2019

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA PRESTA HOMENAGEM A PERSONALIDADES FEMININAS



A Assembleia Legislativa promoveu, nesta sexta-feira (15), uma sessão solene em alusão ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março. Na ocasião, foram homenageadas a governadora do RN, Fátima Bezerra, a corredora Magnólia Figueiredo e a delegada da Mulher Ana Alexandrina Gadelha, em solenidade proposta pela bancada feminina da Casa.

“Além de reconhecer a atuação das mulheres, dirijo minhas palavras aos homens. O movimento feminista ainda é muito incompreendido. Foi criado um rótulo que associa o feminismo a uma disputa entre homens e mulheres, mas todo rótulo é equivocado”, disse a deputada Cristiane Dantas. Ela pediu ainda a efetivação de políticas públicas como o projeto “Maria da Penha nas Escolas”.

A deputada estadual Eudiane Macedo destacou, em sua fala, a importância do autoconhecimento das meninas e mulheres. “Saber o nosso lugar no mundo é essencial para não aceitarmos menos do que podemos e do que merecemos. A história mostra que nada nos foi dado, nada foi por acaso, tudo foi conquistado por nós mesmas”, discursou a parlamentar.

Isolda Dantas, deputada estadual, afirmou que “é hora de as mulheres deixarem de ser estatísticas de violência, de serem a maioria dos desempregados, de ocuparem os piores postos de trabalho e irem para a linha de frente”. A parlamentar lembrou o quanto essa postura será importante para derrubar a Reforma da Previdência, em tramitação no Congresso Nacional.

Em sua fala de agradecimento, Magnólia externou sua gratidão à sua família e disse que “não importa se as pessoas acham que é um espaço masculino, o que importa é suas decisões serem respeitadas”. Ana Alexandrina, por sua vez, destacou a “missão” de defender outras mulheres e a importância de haver a igualdade de oportunidades. Representando Fátima Bezerra, a secretária estadual da Mulher Arméli Brennand recebeu a homenagem da governadora.

A sessão solene foi conduzida pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ezequiel Ferreira, que homenageou as três parlamentares mulheres da Casa. O Coletivo de Feministas e Feminismos Nísia Floresta também foi homenageado. A senadora Zenaide Maia e a vereadora de Natal Nina Souza participaram da solenidade, que foi encerrada com apresentação do Coral da Assembleia.

ALRN