Curso com certificado!

quarta-feira, 29 de junho de 2016

#É HOJE


terça-feira, 28 de junho de 2016

Deputado propõe Semana Estadual da Microcefalia no RN




Preocupado com os casos de microcefalia notificados no RN, o deputado Jacó Jácome (PSD) apresentou projeto de lei propondo que seja instituída a Semana Estadual de Conscientização sobre a Microcefalia, a ser realizada na primeira semana de dezembro. Na sessão plenária desta quarta-feira (28), o parlamentar fez pronunciamento sobre o tema.

“Queremos difundir informações e esclarecimentos para a prevenção, principalmente entre as mulheres gestantes. No Brasil são quase 2 mil casos de microcefalia e no RN já temos muitas crianças com o problema. Queremos conter a discriminação e dar mais qualidade de vida às pessoas”, afirmou o parlamentar.

O deputado também mencionou projeto de sua autoria instituindo a política de segurança pública da cultura da paz. O objetivo é apresentar alternativas para combater problemas na segurança pública. O projeto tem um caráter social, educativo e preventivo. “Queremos apresentar ao Estado soluções para a questão da insegurança, fato notório em todos os aspectos. Precisamos voltar a discutir o caráter preventivo da segurança e promover o convívio social, seguro e equilibrado”, afirmou o deputado.

Em seu pronunciamento Jacó Jácome ainda parabenizou a Federação das Indústrias do RN (FIERN) pela realização do seminário Motores do Desenvolvimento, que teve como tema “UFRN e os Parques Tecnológicos, Inovação para o Desenvolvimento”, que contou com participação do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab.

Cerro Corá perde o animador cultural Sebastião Canário


Sebastião Canário, em imagem de 2015, durante homenagem e reabertura do Cinema Canário (Foto: Aíldo).

Faleceu nesta segunda-feira(27), em Cerro Corá/RN, aos 93 anos de idade, Sebastião Canário de Brito, histórico produtor cultural daquele município, fundador do Cine Canário, além de ter marcado época em projeções de cinema na cidade, também foi ex-vereador nos anos 70 e, fundador  Partido do Movimento Democrático  Brasileiro cerrocoraense (PMDB).

Figura ímpar na sua cidade natal, Sebastião Canário, nas palavras do geografo João Brito, seu sobrinho, via Facebook: " Talvez tenha sido um multi mídia fora de época pois o Senhor foi mestre de muitas artes: Músico Instrumentista, Alfaiate, Juiz de Futebol, Animador Cultural (Pau no Sebo, Gato no Pote...), Comerciante, proprietário de Cinema e tantas outras facetas", ressalta o protagonismo de Sebastião.

Sebastião, preparando crianças para a prática do futebol em Cerro Corá (Foto: Reprodução).

Ainda de acordo com o conterrâneo Rodivan Barros, servidor da (UFRN), Sebastião, foi o homem que desenvolveu o entretenimento na cidade, como: pioneiro na exibição da sétima arte, o jogo do preá nas noites de festas, criação de uma banda de música, a preparação da garotada para a prática do futebol, além de outras atividades. Ele também era proprietário de um armarinho, onde comercializava miudeza em geral. 

Sebastião Canário foi homenageado pelo prefeito Raimundo Marcelino, "Novinho" e a equipe do Ancora quando reabriram o Cine Canário. Sebastião, com sua partida, deixar saudade aos cerrocoraenses, bem como,  um legado deixa uma larga folha de serviços prestados a Cerro Corá.  

Seu corpo está sendo velado no Cine Canário, no centro na cidade, e será sepultado as 15hs, no Cemitério São João Batista.
Velório de "Bastião" no Cine Canário (Foto: Valdir Julião).


Sebastião e o sobrinho João Brito, em momento de pate-papo e descontração (Foto: Reprodução).


Jornalista Valdir Julião, via blog Cerro Corá NEWS: Velório de Sebastião Canário no salão do cinema que ele fundou, ao lado dos irmãos Manoel e Severino Canário (único vivo), no começo dos anos 70. Sepultamento previsto para as 15 horas desta terça-feira (28), no cemitério público municipal de São João Batista, onde também foi enterrado o corpo de dona Nizete, mulher do barbeiro Raimundo Panta, que faleceu na semana passada. Cerro Corá havia perdido, ainda, a viúva do falecido coveiro Chico Xixi.

DEPOIMENTOS VIA FACEBOOK:


João Alfredo: Merece muitas homenagens por tudo que fez por nossa cidade.


Socorro Bezerra: Meus sentimentos! Deus conforte a família.


Maria Salete Medeiros: Meus sentimentos a família!


Maria de Fátima Lins:Meus sentimentos.

Maria da Luz Cavalcanti: Va com deus meus sentimentos para sua filha Maria abraço vavá e daluz

Irimar Guimarães: Descanse em paz amigo Basto como eu o chamava. Grandes lembrancas...nossas condolencias aos familiares e um grande abraco para minha amiga Maria Canário.

José Hélio: eu o conheci ele foi e sempre sera um exemplo de cidadão cerrocoraense obg deus e toma conta dele o coloca em um bom lugar.

Vitória Fiona: meu grande papai Noel. 😢

Wal Mello: Quantas lembranças boas quando criança.adorava o jogo do préa.meus pêsames a família.
José Euber Soares: Uma grande figura da minha juventude .Meu lamento.

Rodolfo Guedes: Ele faleceu na época q mais gostava, os festejos juninos. Quando criança eu só comprava os traques e etc a ele.

João Brito: Multimídia. Tio Sebastião foi o Animador Cultural de Cerro Corá.

Ozair Luiz: Descanse em paz eterno papai Noél

Neci Soares: Descanse em paz Sebastião Canario ,meus sentimentos a familia

João Vilmar Azevêdo: Conheci Sebastião Canário quando ainda era alfaiate, lá pela década de 1950. Poucos provavelmente sabem que, por muito tempo, ele exerceu essa profissão. Já era locutor da Divulgadora da Cidade àquela época. Aprendeu a tocar acordeom e fez daí seu ganha pão. Dancei muitas festas por ele tocadas. Foi, como já disseram, um homem eclético. Contribuiu muito para a cultura da cidade. Deixa um legado valioso ao município. Associo-me aos familiares pela saudade da sua partida. Vá em paz Bastião. Missão cumprida.

Nelson Estevam: Meus pêsames para toda família Canário. Os Cerrocoraenses estão de luto com perda do ilustre Sebastião Canário.

Marcelo Silvestre: Descanse em paz!

Maria Iris Guimarães: Minha homenagem a SEBASTIÀO CANARIO que promoveu e incentivou a cultura em CÊRRO-CORÁ, que,com seu incansável trabalho, me fez conhecer e gostar da SANFONA, de cinema e me mostrou que o povo é quem faz a festa!!!! Tive a alegria de lhe agradecer por tudo isso e dizer que ele era MEU ALFREDO brasileiro...(me referindo ao personagem do filme italiano Cinema Paradiso).Meu abraço carinhoso em Maria e Carlinhos e nos cerrocoraenses que o admiram.Wilmar me lembro dele, tb ,como alfaiate, do armarinho e das noites de Natal..

Lindoia Canário: Tio Sebastiao va com Deus p sua nova morada.Sua missao na terra terminou p enquanto.Que Deus te ajude p chegar ao encontro da luz.

Maria do Socorro Florêncio: Descanse em Paz...Sentimentos à família

Rodivan Barros: Seu Sebastião, descanse em paz ao lado de dona Raimunda, sua esposa, que também compartilhou com a sua vivência cultural na cidade.

Manynho O comunicador do Povo: Lembro que nos anos 70 ele passava filmes em Bodó as segundas feira.

Nelson Estevam: Assisti filmes no Cine Canário onde o Sr. Sebastião usava um projetor manual. Que Deus guarde ele no melhor lugar do céu.

Ana Medeiros: Descase e paz.

Eliene Medeiros: Descanse em paz!





segunda-feira, 27 de junho de 2016

Josyanne canta em culto especial na praça de Currais Novos

Neste domingo (26), a praça da rodoviária, Tetê Salustino, foi palco de culto especial, realizado pela igreja evangélica Assembléia de Deus para as Nações. O evento de caráter evangelístico, trouxe para Currais Novos/RN, a cantora Josyanne, de renome nacional, a qual ministrou o louvor juntamente com a Banda Nova Criatura. Por outro lado, na preleção do evangelho estava o Pr. Alex Moreno do Estado de Pernambuco. Vale salientar que, durante a celebração religiosa, no anfiteatro da praça, verificou-se um número razoável de público de evangélicos provenientes de outras denominações, bem como, pessoas de outros credos religiosos. Por último, é bom lembra que, na organização geral estavam: Pr. Francinaldo Moteiro, Pr. Mário da Cruz, Diácono (co-pastor) Denisval Alves, Pesbitero José Fedéllis e o Diacono Francisco Gilvan.






domingo, 26 de junho de 2016

RN é o maior gerador de energia eólica do Brasil, aponta IBGE


O Rio Grande do Norte é o maior produtor de energia eólica do Brasil. É o que aponta o estudo ‘Logística de Energia 2015 – Redes e fluxos do território’ do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o estudo, o estado é responsável por mais de 30% da energia eólica produzida no país. O estudo também revela que o RN também é o maior produtor de petróleo de toda a região nordeste.
Segundo o IBGE, a região nordeste é responsável pela maior parte da produção eólica no país. O RN, com 31,3% é seguido pelo Ceará (23,4%) e o interior da Bahia (16,9%). Ainda de acordo com o estudo divulgado nesta quinta-feira (23), apesar de ter crescido 461% entre 2010 e 2014, a energia eólica representa apenas 2,1% da matriz energética brasileira.
Além de informações do IBGE, o estudo utilizou dados do Ministério de Minas e Energia,
da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Agência Nacional
de Águas (ANA), Operador Nacional do Sistema (ONS), Agência Nacional de Energia
Elétrica (ANEEL), da Associação Brasileira de Empresas Distribuidoras de Gás Natural
(ABEGÁS) e das Agências Reguladoras de Energia dos estados de São Paulo e Rio de
Janeiro.
Petróleo
O estudo também apresentou dados sobre a produção nacional de petróleo. O Rio Grande do Norte foi apontado como o maior produtor na região Nordeste e 4º maior produtor do Brasil, com 20.961,95 barris produzidos, o que representa 2,55% do total brasileiro. A produção potiguar de petróleo só fica atrás de Rio de Janeiro (68,44%), Espírito Santo (16,28%) e São Paulo (7,20%).
Além do destaque na produção geral, o Rio Grande do Norte também acumula os postos de 2º maior produtor de óleo combustível do país, atrás apenas da Bahia e possui o maior número de poços produtores de petróleo terrestres do Brasil, com 47,2% da média nacional.

Fonte:G1  

sábado, 25 de junho de 2016

O RN é o único estado do Nordeste com acréscimo de voos internacionais


Em meio à crise, Natal tem aumento de 30,77% no número de voos internacionais (FOTO:ASSECOM/RN) . 
Desde o ano passado companhias aéreas têm cancelado sistematicamente dezenas de voos internacionais. Neste mês de junho a queda foi generalizada nas cinco regiões do Brasil, se comparado ao mesmo período do ano passado. E na contramão da crise, Natal é a única cidade nordestina e uma das três do Brasil a registrar aumento da malha aérea internacional. Enquanto a média no Nordeste foi de queda de 24,52% no número de voos internacionais, Natal subiu 30,77%. Além de Natal, apenas Belém (PA) e Florianópolis (SC) também aumentaram os voos estrangeiros. Se considerada a variação do semestre no Nordeste, a média geral foi de 6,04% negativo, enquanto Natal teve acréscimo de 28,89%, se comparado ao primeiro semestre de 2015. A estatística é do portal Panrotas e foi divulgada essa semana pelo Conselho de Turismo do Nordeste (CTI Nordeste), e leva em consideração, também, o número de assentos. Na região Nordeste, Natal também foi única cidade a computar aumento, com 23,22% superior a junho de 2015, sendo a média geral do Nordeste para o mês, 20,23% negativo. No semestre foram 6.854 assentos superiores a 2015. Esse acréscimo representa em torno de R$ 17 milhões na economia do RN. “No turismo nada acontece por acaso. Não basta ser um destino vendável ou acreditar que belezas naturais e riqueza cultural manterão o fluxo turístico desejável. É preciso estratégia, ousadia e investimento. E foram essas diretrizes que nosso governador Robinson Faria adotou para a pasta desde o início de sua gestão”, apontou o secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar. Entre as principais ações lembradas pelo secretário, está a redução da alíquota de imposto sobre o querosene de aviação de 17% para 12% para nivelar o Estado potiguar aos concorrentes, já no segundo mês de gestão. E, no último mês, o Governo do RN zerou impostos para voos charters nacionais, sendo pioneiro no Brasil com esta ação. A presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística, Aninha Costa, frisa ainda a participação destacada do Rio Grande do Norte nas principais feiras e eventos de turismo nacional e internacional, promovendo, inclusive, a maior campanha de divulgação na história do turismo potiguar em Portugal e já com tudo planejado para repetir o feito na Argentina nas próximas semanas. Saiba mais – O Rio Grande do Norte também foi eleito pela oitava vez o melhor destino do Brasil pela Associação dos Agentes de Viagem do Interior de São Paulo, além de Natal ter 200% de aumento na procura na maior agência de viagens online do país, o Hotel Urbano, e ter registrado aumento de 26% nas vendas da CVC ano passado.


ASSECOM/RN

Amigos de Luciano Santos convidam população lagoanovense para o 12ª São Pedro do Povo

Na próxima sexta feira (01), em Lagoa Nova/RN, vai ter forró em praça pública, até amanhecer o dia. O evento já acontece por mais uma década na cidade, este ano, por conseguinte, será realizado o 12ª São Pedro do Povo, uma realização dos "Amigos de Luciano Santos", os mesmos convidam à  população lagoanvense e habitantes das cidades adjacentes, para dança e se divertir ao som do tradicional forró nordestino.
Veja no cartaz, às trações musicais, convidadas para o evento:


quinta-feira, 23 de junho de 2016

Ex-ministro Paulo Bernardo é preso em Brasília pela Lava Jato




PF cumpriu mandado de busca na casa dele e da mulher, Gleisi Hoffmann. Em nota, defesa de Bernardo disse que a prisão é 'ilegal' (Foto: Reprodução).


O ex-ministro do Planejamento do governo Lula e das Comunicações no primeiro governo Dilma, Paulo Bernardo, foi preso nesta quinta-feira (23) em um desdobramento da 18ª fase da Operação Lava Jato, em Brasília. Ele é marido da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que estava com Bernardo no apartamento funcional, em Brasília, quando a polícia chegou.


Outro ex-ministro de Dilma Carlos Gabas (Previdência) teve a casa alvo de busca e apreensão.

Inicialmente, a PF informou que Gabas foi alvo de condução coercitiva, que é quando a pessoa é levada a depor. No entanto, o juiz que autorizou o mandado disse que Gabas deveria ser informado pelos policiais que teria o direito de ficar em silêncio e, nesse caso, não seria obrigado a ir para a delegacia prestar depoimento. Como Gabas disse que não falaria com as autoridades, pôde ficar em casa.

Um mandado de condução coercitiva foi para o jornalista Leonardo Attuch, que administra o blog 'Brasil 247'. Ele já havia aparecido nas investigações da Lava Jato como suspeito de ter recebido dinheiro por serviços não executados.

Entre os que foram presos está Valter Correia, secretário de Gestão do prefeito Fernando Haddad, em São Paulo.

Há ainda um mandado de prisão preventiva para o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, que, condenado na Lava Jato, está preso desde 2015. Outro ex-tesoureiro do PT, Paulo Ferreira, também tem mandado de prisão. Ele é marido da ex-ministra do Desenvolvimento Social no governo Dilma, Tereza Campelo, e próximo ao ex-ministro José Dirceu.

No entanto, até o início da tarde desta quinta, ele ainda não havia sido detido pela PF, que não o encontrou em casa. Para a PF, já é considerado foragido. Em entrevista à Rádio Gaúcha, mais cedo, Ferreira disse que está "tranquilíssimo". "Nunca, em momento algum nos quatro anos que eu estive à frente da secretaria de finanças do PT, vinculei doação a contrato", afirmou Ferreira na entrevista.

Além das prisões relacionadas ao PT, policiais federais foram à sede do partido no centro de São Paulo. Os presos e o material apreendido serão encaminhados à sede da Polícia Federal, na capital paulista.

A PF informou que o objetivo da operação, batizada de Custo Brasil, é apurar o pagamento de propina referente a contratos de prestação de serviços de informática pela empresa Consist no valor de R$ 100 milhões, entre os anos de 2010 e 2015, a pessoas ligadas a funcionários e agentes públicos ligados ao Ministério do Planejamento.

G1

Rony Souza – o sucesso profissional só é alcançado através de luta e dedicação aos estudos

Rony Souza, com garra e dedicação aos estudos consegue galgar cada vez mais degraus em seus objetivos profissionais.

O lagoanovense Rony Souza parece ter aprendido a receita (se é que ela existe). Filho de Mauro e Duda, o ex-conselheiro tutelar de Lagoa Nova vem colecionando aprovações em vários concursos públicos.
Em um ano ele passou em 4 certames seguidos, sendo dois a nível federal.
1) Polícia Militar de Sergipe - início de 2014. 600 vagas; 53 mil inscritos; ficou entre os 200 primeiros colocados.
Caixa Econômica Federal- início de 2014. 290 vagas; 27 mil inscritos; ficou na 25° colocação.
Prefeitura Municipal de Lagoa Nova- início de 2015. 8 vagas; ficou na 4° colocação.
Agente Federal de Execuções Penais - início de 2015. 52 vagas. 11 mil inscritos; 31° lugar.

Recentemente, Rony concluiu o curso de formação profissional em Brasília, na Academia Nacional da Polícia Federal e está pronto para exercer as funções inerentes ao cargo, aguardando apenas a nomeação e posse que ocorrerá em breve.
Para esse último concurso, Rony estudava cerca de 12 horas por dia. Mas ele afirma que o importante não é a quantidade de horas de estudo, mas a qualidade do estudo.
Segundo Rony , as aprovações são consequência de muitos fatores, principalmente dedicação e vontade de vencer. “ É muito importante você está perto de pessoas que torcem por você. Então agradeço a todos que me ajudaram. Essa conquista divido e dedico a várias pessoas especiais: minha mãe Duda; meu pai Mauro; minha esposa; Manoel; Raimunda; Dona Laura; Dona Docarmo; Dona Maria chá e Seu Mário Brasil; Zé Mago e madrinha Fiu; Janeide; Dona Francisca; Nilvania; Netinho e Eliane; a enjoadinha Jessyca; comadre Vitória e Arival; meus vizinhos Nega e Bilouro e Messias por compartilharem a internet rsrs; meus ex-companheiros de trabalho Gilson, Magno, Rosália, Aparecida, Francisco, Jucileide; meu grande parceiro Isaac George que sempre me ajudou com os materiais, fé e estudo; e a todos que torceram por mim".


Rony afirma que essa foi apenas mais uma meta traçada e vencida e que continuará estudando para conquistar novas aprovações.
Aí está um exemplo a ser seguido por nossos jovens. Um rapaz de família humilde que resolveu lutar e traçar um futuro diferente para ele e sua família.

É a prova concreta de que não há obstáculo na vida que não possa ser superado com esforço, fé e dedicação.

Lagoa Nova Destaque

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Programação da Festa de Sant’Ana 2016


01 de julho (Sexta-feira)
Lançamento da 208ª Festa de Sant’Ana em Natal, no Salão de Eventos da Igreja de Santa Teresinha
19h

03 de julho (Domingo)
Lançamento da 208ª Festa de Sant’Ana, em Currais Novo, após a missa da noite
Local: Aero Clube

EXPONOVOS
Dias 08, 09 e 10
Local: Parque de Exposições Dr. José Bezerra de Araújo

14 de julho (Quinta-feira)
Noite de Autógrafos
Local: Salão Nobre do “Palácio Prefeito Raul Macedo”

15 de julho (Sexta-feira)
Abertura Oficial da 208ª Festa de Sant’Ana, com hasteamento das bandeiras e missa, começando com caminhada, saindo às 18h30min, da Capela de Santa Maria Gorette

16 de julho (Sábado)
22ª Feirinha de Sant’Ana
17 de julho (Domingo)
1ª Feijoada de Sant’Ana
11h, Local: Largo do Tungstênio Hotel
Após a novena, Inauguração dos novos estúdios da Rádio Currais Novos

18 de julho (Segunda-feira)
50ª Festa do Agricultor
Após a novena, 1ª Noite de Leilão de doces e salgados
Local: Pça. Cristo Rei

19 de julho (Terça-feira)
Após a novena, 2ª Noite de Leilão de doces e salgados
Local: Pça Cristo Rei

20 de julho (Quarta-feira)
Comemoração do Dia do Amigo e Show Religioso
Local: Aero Clube

21 de julho (Quinta-feira)
Noite das Madrinhas
22º Jantar da Festa

22 de julho (Sexta-feira)
Festa da Nostalgia
Local: Aero Clube

23 de julho (Sábado)
1º Pedal de Sant’Ana
1ª Noite Maior do Pavilhão de Sant’Ana
24 de julho (Domingo)
2ª Noite Maior do Pavilhão de Sant’Ana
25 de Julho (Segunda-feira)
3ª Noite Maior do Pavilhão de Sant’Ana
26 de julho (Terça-feira)
Dia de Sant’Ana e São Joaquim
9h30min – Missa Solene
16h30min- Procissão de Encerramento e anúncio para 2017
Em seguida o Bolo da Festa, na Pça. Cristo Rei

terça-feira, 21 de junho de 2016

Jornalista Eliabe é homenageado em evento promovido por escola de Lagoa Nova

Nesta terça-feira (21), a escola Municipal "Nossa Senhora da Conceição", localizada na comunidade "Buraco de Lagoa", em Lagoa Nova/RN, realizou evento cultural denominado Chá Literário, no qual o repórter, Eliabe Davi Alves, foi homenageado por professores, daquela unidade de ensino. No evento, foi servido um delicioso chá, apresentação da orquestra de flautas doces, dirigida pelo professor Francisco Aprígio. Aconteceu também, recitação de poesias por parte de educadores e estudantes, concurso de caricaturas, discursos dos componentes da mesa, entre os quais: Thassie Bezerra, Carol Alves e outros. Vale salientar que houve também mostras de trabalhos literários e, foram lembrados: Paula Belmino, Francione Clementino e Chagas Gomes. Em sua fala, o repórter,  fez questão de destacar: " Utilizo a arte, jornalismo, para servi a população, como  instrumento de transformação social e elemento fundamental para conscientização da cidadania".
Momento de abertura do Chá Literário, realizado por professores.





Mesa de Chá Literário, com a presença de alguns homenageados.

Corpo docente, da comunidade escolar, reunida com os homenageados.

Apresentações de números músicas, executados por alunos, do projeto de orquestra de flauta doce da escola.

Dados biográficos, textos, fotografias, caricaturas e algumas charges expostas durante o  evento.

Com estudantes e professores, diante de acervo pessoal exposto no evento.

Concurso de caricaturas, produzidas por estudantes da escola da própria escola.

Professor fez entrega de lembranças aos autores que participaram do evento literário. 

Em discurso, em agradecimento a homenagem recebida, o repórter destacou  a importância da arte, leitura e jornalismo na promoção da cidadania. 


segunda-feira, 20 de junho de 2016

Maranhão desiste de recurso que poderia reduzir pena de Cunha

Advogados de Eduardo Cunha devem apresentar argumentos para reverter o resultado até quinta-feira, 23 (Foto: Agência Brasil).
O presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), desistiu nesta segunda-feira, 20 de junho, da consulta que havia encaminhado à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, questionando o rito de cassação de parlamentares na Câmara.

Na consulta, Maranhão questionou que procedimentos deveriam ser adotados após a votação do parecer sobre processos de cassação pelo Conselho de Ética e se o texto a ser apreciado pelo plenário é o parecer do relator ou um projeto de resolução sobre a decisão do colegiado.

Hoje, Maranhão explicou que consulta já foi respondida pela comissão em pelo menos duas oportunidades – em março de 1994 e setembro de 2005 – e tiveram a mesma resposta: em decisões sobre quebra de decoro parlamentar, o que vai à votação no plenário é o parecer do Conselho de Ética e não um projeto de resolução.

A consulta foi alvo de inúmeras polêmicas na CCJ. Além de partidos, como o PT e o PCdoB, que já eram declaradamente contrários à manutenção do mandato de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – presidente afastado da Câmara desde março, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) – outras legendas, como o DEM e PSDB, aderiram às críticas.

Para o grupo, que por mais de três sessões da CCJ impediu que a resposta do relator Arthur Lira (PP-AL) ao questionamento fosse lida e submetida à votação, a consulta configuraria mais uma manobra de aliados de Cunha para abrandar sua pena. Na última semana, o parecer foi lido mas um pedido de vista adiou a votação por duas sessões e o resultado poderia ser proferido hoje na reunião da comissão que está marcada para 14h30.

Diferentemente dos episódios lembrados por Maranhão, o relator, afirmou desta vez que o que deveria ser submetido ao plenário era um projeto de resolução e, desta forma, caberiam emendas. Mas Lira destacou que o teto de punição é o que foi decidido pelo Conselho de Ética e as emendas só poderiam ser apresentadas para abrandar a pena, ou seja, abriria brechas para que a cassação fosse revertida em uma suspensão por tempo determinado.

Eduardo Cunha

O pedido de cassação de Cunha foi aprovado pelo Conselho de Ética na semana passada por 11 votos a nove. A expectativa é de que advogados do peemedebista apresentem argumentos para reverter o resultado até quinta-feira, 23, prazo definido pelo Regimento Interno da Casa. O recurso terá que ser analisado pela CCJ em cinco dias a partir do encaminhamento que deve ser feito pela Mesa Diretora da Casa, comandada por Maranhão.

A Câmara ainda vive a expectativa de um pronunciamento de Cunha que ainda não tem data ou horário definidos. O peemedebista deve voltar a negar as acusações de que mentiu à CPI da Petrobras, quando negou ser o titular de contas no exterior. Ele afirma ser apenas o beneficiário de trusts, administradora de bens de terceiros.

A mesma acusação também está nas mãos do STF que tem outros inquéritos contra Cunha para serem analisados. No único pedido julgado até agora, a Corte aceitou o inquérito que aponta lavagem de dinheiro e corrupção pelo recebimento de US$ 5 milhões em propina para viabilizar contratos entre empresas com a Petrobras. Com isso, Cunha é réu em processo no Supremo.

Em dois dias, o STF volta a se reunir para analisar o pedido de prisão de Cunha feito pelo Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot. Outro inquérito que aguarda resultado é o que aponta a existência de contas no exterior que teriam sido alimentadas com valor equivalente a R$ 5,2 milhões, como resultado de propina para viabilizar a aquisição de um campo de petroleo em Benin, na África.

Agência Brasil.

Diário Oficial publica exoneração de Henrique Alves

Henrique Eduardo Alves enviou carta afirmando que pediu para sair do Ministério do Turismo para “não criar constrangimentos” ou “qualquer dificuldade” para o governo (Foto: Agência Brasil).
A exoneração de Henrique Eduardo Alves do cargo de ministro do Turismo está publicada na edição da última  sexta-feira, 17 de junho, do Diário Oficial da União. Ele pediu demissão ontem (16) após ser citado na delação premiada do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado.
Ex-presidente da Câmara, Henrique Alves teria recebido, segundo Machado, R$ 1,55 milhão em doações eleitorais com recursos ilícitos.
Alves enviou ontem carta com o pedido de demissão ao presidente interino Michel Temer, afirmando que tomou a decisão de deixar a pasta para “não criar constrangimentos” ou “qualquer dificuldade” para o governo.
Citado na delação premiada do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, e investigado na Operação Lava Jato, Henrique Alves disse acreditar que todas as denúncias contra ele “serão esclarecidas.” “Confio nas nossas instituições e no nosso Estado Democrático de Direito. Por isso, vou me dedicar a enfrentar as denúncias com serenidade e transparência nas instâncias devidas”, disse na carta.
Henrique Alves é o terceiro ministro, após pouco mais de um mês do governo interino de Temer, a deixar o cargo. Romero Jucá, que foi ministro do Planejamento, e Fabiano Silveira, da Transparência, Fiscalização e Controle, saíram dos cargos após divulgação de trechos da delação de Machado, em áudio, em que eles criticavam a operação. Com a saída de Alves, o secretário executivo do ministério, Alberto Alves, assume interinamente a pasta.
Fonte: Agência Brasil. 

'Um grave atentado contra o Estado', diz Janot sobre pacto Jucá-Renan-Sarney

Foto: Reprodução.

No documento em que pediu a prisão do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do senador Romero Jucá (PMDB-RR) e de tornozeleira eletrônica para o ex-presidente José Sarney (PMDB-AP), em 23 de maio, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que o "acordão" para barrar a Operação Lava Jato "é um dos mais graves atentados já vistos contra o funcionamento das instituições brasileiras".

O pedido de Janot, que tem como base a delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado e áudios de conversas entre ele e os cardeais do PMDB, não foi acolhido pelo ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF) em decisão de 14 de junho.

O conteúdo dos diálogos que Machado grampeou deixou perplexo os investigadores mais experientes. Eles denominaram "Pacto Caxias" o acordo dos cardeais do PMDB contra a Lava Jato.

"As conversas gravadas demonstram que eram fundados todos os temores de que uma parcela relevante da classe política estivesse construindo um amplo acordo não só para paralisar a Operação Lava Jato, mas também para impedir outras iniciativas do sistema de justiça criminal estatal, de moldes e resultados semelhantes, com modificação do próprio ordenamento jurídico brasileiro", sustentou Janot no pedido de prisão do trio peemedebista. "Esse amplo acordo envolveria, inclusive, a seu tempo e modo, o Supremo Tribunal Federal. Trata-se de um dos mais graves atentados já vistos contra o funcionamento das instituições brasileiras."

De acordo com Janot o Plano Jucá-Renan-Sarney para barrar a Lava Jato tinha "uma vertente tática e outra estratégica, ambas de execução imediata". O procurador sustenta que a vertente tática consistia "no manejo de meios espúrios para persuadir o Poder Judiciário" para não desmembrar um inquérito específico da operação Lava Jato e para que Sérgio Machado não se tornasse delator.

A vertente estratégia tinha como objetivo, afirmou Janot, a modificação da ordem jurídica pela via legislativa e por um acordo político com o próprio STF para "subtrair do sistema de justiça criminal instrumentos de atuação que tem sido cruciais e decisivos para o êxito da Operação Lava Lato".

"Na vertente tática, as conversas gravadas mostram os movimentos iniciais do próprio colaborador, do ex-presidente Jose Sarney e dos senadores Renan Calheiros e Romero Jucá para designar interlocutores com vínculos pessoais de relacionamento com Vossa Excelência para interceder e tentar persuadi-lo, por meio de argumentos extrajurídicos, a não desmembrar o inquérito 4215/DF, em curso no Supremo Tribunal Federal, em que José Sergio de Oliveira Machado figura com o investigado ao lado do Senador Renan Calheiros", afirmou Janot.

O procurador relatou que a na vertente estratégica, "as conversas gravadas expõem a trama clara e articulada dos senadores Renan Calheiros e Romero Jucá e do ex-presidente José Sarney a fim de mutilar o alcance dos institutos da colaboração premiada no processo penal e da leniência administrativa para pessoas jurídicas responsáveis por ato de corrupção, impedir o cumprimento de pena antes do trânsito em julgado definitivo dos processos penais pelos Tribunais Superiores, e, em prazo mais longo, subtrair atribuições do Ministério Público e do próprio Poder Judiciário".

Para Janot, as duas vertentes tinha uma motivação: "estancar e impedir o quanto antes os avanços da Operação Lava Jato em relação a políticos, especialmente do PMDB, do PSDB e do próprio PT, por meio de um acordo com o Supremo Tribunal Federal e da aprovação de mudanças legislativas".

Sérgio Machado foi deputado federal pelo PSDB de 1991 a 1995, senador pelo PSDB e pelo PMDB de 1995 a 2001 e candidato derrotado do PMDB ao governo do Ceará em 2002. Após a derrota, aponta Janot, o hoje delator conseguiu de seu grupo político no PMDB, que hoje está no Senado, sustentação para ser nomeado presidente da Transpetro, subsidiária da Petrobras. Sérgio Machado ficou no cargo entre 2003 e 2014.

Em sua delação, o ex-presidente da Transpetro relatou R$ 100 milhões em propinas para a cúpula do PMDB no Senado. A maior fatia do montante teria sido destinada ao presidente do Senado, atualmente alvo de 12 inquéritos da Lava Jato no Supremo. Para Renan teriam sido repassados R$ 32 milhões - quase um terço do total das propinas de Machado.

Em seguida está o senador Edison Lobão (PMDB-MA), que teria recebido R$ 24 milhões. Jucá teria embolsado R$ 21 milhões. Mais velho cacique da sigla, o ex-presidente José Sarney teria ficado com R$ 18,5 milhões. Já o senador Jader Barbalho (PMDB-PA), segundo o delator, recebeu a menor fatia dos cinco, "apenas R$ 4,2 millhões.
Fonte: Novo Jornal.

Políticos potiguares são citados em delação de Sérgio Machados


O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado afirma em sua delação premiada que acertou doações de campanha no valor de R$ 300 mil em 2010 para o senador José Agripino e de R$ 250 mil, em 2014, para o deputado federal Felipe Maia “cujas origens eram vantagens ilícitas pagas pela empresa contratada”.

A informação consta na íntegra do depoimento do empresário no qual ele afirma ter repassado propina a mais de 20 políticos, incluindo cinco potiguares: Henrique Alves, os senadores José Agripino e Garibaldi Alves Filho; e os deputados federais Walter Alves e Felipe Maia.

Sérgio Machado conta no seu depoimento que “tinha uma relação com o senador José Agripino muito antiga”. E acrescenta: “Que durante o período eleitoral ele me pedia doações políticas; que eu o encontrava, combinava as doações e os valores, sempre somente na época de eleições e sempre por meio de doações feitas ao diretório nacional ou regionái do partido DEM; que depois eu lhe comunicava qual empresa que iria doar. Ele procurava junto ao partido”.

O ex-senador esclarece que “no caso de doações oficiais eu acertava com a empresa o montante, a semana que iria ser feita e comunicava a empresa para qual partido e politico a doação deveria ser feita”.

No episódio envolvendo o senador, Sérgio Machado explica que “nesse caso em concreto foram feitas duas doações pela CONSTRUTORA QUEIROZ GALVÃO: uma em 2010, para o Senador JOSÉ AGRIPINO, no valor de R$ 300 mil, e outra em 2014, para o filho do Senador, o Deputado FELIPE MAIA, no valor de R$ 250 mil, cujas origens eram vantagens ilícitas pagas pela empresa contratada.

A delação premiada de Sérgio Machado registra que ele também teria repassado “propina, via doação oficial, para os seguintes: Cândido Vaccarezza, Jandira Feghali, Luis Sérgio, Edson Santos, Francisco Dornelles, Ideli Salvatti; Jorge Bittar, Garibaldi Alves, Valter Alves, José Agripino Maia, Felipe Maia, Sergio Guerra, Heráclito Fortes, Valdir Raupp; que Michel Temer pediu ao depoente que obtivesse doações oficiais para Gabriel Chalita, então candidato a prefeito de São Paulo”.

E ainda: “Que, quanto a esses políticos, tem a explicar que, quando o procuravam, conheciam o funcionamento do sistema; QUE, embora a palavra propina não fosse dita, esses políticos sabiam, ao procurarem o depoente, não obteriam dele doação com recursos do próprio, enquanto pessoa física, nem da Trasnspetro, e sim de empresas que tinham relacionamento contratual com a Transpetro; que esses políticos procuravam o depoente porque ele era presidente da Transpetro e tinha como amealhar recursos;

E que “quando chamava uma empresa para instruí-la a fazer doação oficial a um político, o depoente sabia que isso não era lícito e que a empresa fazia a doação em razão dos contratos que tinha com a Transpetro; que existem doações oficiais feitas licitamente por empresas, mas as que o depoente obteve não o eram; que o depoente fazia reuniões individuais, mensais ou bimensais, com os políticos e os presidentes e controladores das empresas pagadoras de propina para acertar o montante que seria pago”.

DEFESAS

Em nota, o senador José Agripino Maia afirma que obedeceu a lei na obtenção das doações eleitorais. Leia a íntegra da nota:

“Apesar de desconhecer o inteiro teor da delação do ex-senador Sérgio Machado, com quem convivi no período em que fomos senadores, devo esclarecer o seguinte: (1) As doações que, como presidente de Partido tenho a obrigação de buscar, obedecendo à legislação vigente, foram obtidas sem intermediação de terceiros, mediante solicitações feitas diretamente aos dirigentes das empresas doadoras. (2) Presidente de Partido de oposição que sou, não teria nenhuma contrapartida a oferecer a qualquer empresa que se dispusesse a fazer doação em troca de favores de governo. (3) As doações recebidas – todas de origem lícita – foram objeto de prestação de contas, devidamente aprovadas pela Justiça Eleitoral”

Já Felipe Maia afirmou que “todas as doações recebidas na minha campanha foram devidamente contabilizadas e aprovadas pela Justiça Eleitoral. Em 2014, as doações recebidas de empresas privadas, dentro do que regia a legislação vigente, foram arrecadadas pelo Diretório Nacional do meu partido e sem intermediários. Por isso, fui surpreendido com a citação do meu nome na delação do ex-senador Sérgio Machado. Afinal, como parlamentar de oposição há 10 anos, jamais teria como condicionar doação à troca de favores de governo”. As informações são do Novo Jornal.


domingo, 19 de junho de 2016

Atletismo de Lagoa Nova obtêm excelentes resultados na XVI Corrida da Fogueira em Currais Novos

Neste último Sábado (18 ) o atletismo de Lagoa Nova manteve a tradição de bons resultados na disputa da Tradicional Corrida da Fogueira de Currais Novos que contou novamente com grande participação de atletas dos Estados do Rio Grande do Norte e Paraíba.



Diante das disputas realizadas os resultados foram os seguintes:

-Carlos Emanuel Pereira: 1º lugar nos 1.000 metros rasos;

-Ericy Nelson da Silva: 2º lugar nos 1.000 metros rasos;

-Joakylas Alhans Soares: 3º lugar nos 1.000 metros rasos;

-Ana Claúdia Lima :3º lugar nos 1.000 metros rasos;

-Thadeu Vinícius :2º lugar na categoria 16 a 17 anos 6 km;

-José Jonas: 3º lugar na categoria 16 a 17 anos 6km;

-Patrícia Maria Pereira :3ºlugar Geral feminino 6km;

-Islãnia Valquíria Fernandes
: 1º lugar na categoria 16 a 17 anos 6km;

-Elebson de Araújo:3º lugar na categoria 20 a 29 anos;

-Jozinaldo da Silva Julião:1º lugar na categoria de 40 a 44 anos;

A competição fez parte da programação do Forronovos e contou com a organização das Secretarias de Educação e Turismo da Prefeitura Municipal de Currais Novos com apoio técnico da Federação Norte-Rio-Grandense de Atletismo.

Texto e fotos: Francisco de Lima Silva
Professor e Técnico de Atletismo


Veja mais fotos:





4ª sessão itinerante da Câmara de Vereadores de Lagoa Nova é realizada na Macambira




Sexta-feira (17) de Junho, a Câmara de Vereadores de Lagoa Nova/RN, sob prepositura do Vereador Lourival Adão (PTB), presidida por Nazareno Ulisses "Bilouro" (PEN), promoveu a 4ª sessão itinerante na comunidade de Macambira, zona rural do município. O projeto do Poder Legislativo lagoanovense, objetiva promover descentralização das ações parlamentares e oportuniza aproximação com povo. Durante as três sessões: no Distrito de Manoel Domingos, Buraco da Lagoa e Baixa Verde, verificou-se a presença de público em quantidade que oscila entre razoável e baixo , que exerceram suas cidadanias, acompanhando de perto a fiscalização, legislação, projetos e requerimentos que melhoram o destino do município. Os vereadores, por sua vez, realizaram prestação de contas de seus mandatos, mencionaram trabalhos e falhas da gestão municipal. Em discursos, manifestaram pontos de vistas acerca de um leque variado de assuntos. Por último, Vale salientar que, participaram da edição recentes os seguinte parlamentares municipais: Nazareno Ulisses (PEN), Paulo Machado (PMDB), Lourival Adão (PTB), Gilvan de Emídio (PTB) e Antônio Domingos (PROS).

Veja mais fotos:








sábado, 18 de junho de 2016

Vitória Mendes assume a prefeitura de Lagoa Nova pela segunda vez





João Maria Assunção, prefeito de Lagoa Nova/RN, esta sexta-feira (17), pela segunda vez, fez à transmissão de cargo a vice-prefeita Vitória Mendes, o evento formal de posse,  segundo informação divulga na mídia local, o chefe do executivo local seguirá viagem à Argentina. 

A primeira vez que que Vitória, assumiu interinamente a chefia da administração municipal, ocorreu em 15 de julho de 2015, período em que o prefeito João Maria Assunção teve de se ausentar do município por motivo de viagem a Cuba. A prefeita interina ficará no comando dagestão de 20 a 27 de junho.

Presentes a solenidade: vereador e presidente da câmara municipal Nazareno Ulisses, o ex-vice-prefeito Paulo Vandi, ex-prefeito Erivan Costa e alguns auxiliares. 

sexta-feira, 17 de junho de 2016

#Uma lembrança...Uma saudade!


quinta-feira, 16 de junho de 2016

Filho da cantora Eyshila é enterrado no Rio

Eyshila ao lado do filho, Lucas, no enterro de Matheus Foto: Fabiano Rocha / Fabiano Rocha

Cerca de 50 pessoas, entre parentes e amigos se reuniram, nesta quarta-feira, para o enterro de Matheus Oliveira, de 17 anos, filho da cantora gospel Eyshila e do pastor Odilon Leal Santos. Entre os presentes está a cantora gospel Aline Barros, que chegou ao local acompanhada do marido. A cerimônia acontece no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste do Rio.
Os presentes participaram de uma roda de oração no culto de despedida comandado por Silas Malafaia. Em sua homenagem, o pastor disse: "Em todos nós habita a ressureição de Cristo".
Cláudio, tio de Matheus, disse que Eyshila está sofrendo.
— Ela já está com saudades do filho, mas tem o conforto de Deus — , disse ele, que foi casado com a irmã da cantora, Lislaine.
Visivelmente abatida, a cantora Aline Barros lamentou pela perda da amiga:
— A situação é muito difícil.
Matheus tinha 17 anos e sofria de meningite Foto: Instagram

Cantora Aline Barros esteve presente na despedida de Matheus Foto: Fabiano Rocha / Fabiano Roch


Cinco coras de flores, com dizeres como "Saudades eternas" e "Descanse em paz nos braços de Deus" foram usadas para homenagear o jovem morto. O cortejo foi acompanhado por cerca de 150 pessoas, entre amigos e parentes

Rapaz teve doença viral
Matheus morreu, na noite desta terça-feira, vítima de uma meningite viral. Ele ficou internado por seis dias no Hospital Samaritano, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, antes de morrer.

Por uma rede social, Eyshila lamentou a morte do filho.
"O Senhor deu, o Senhor tomou. Louvado seja o nome do Senhor. Obrigada a todos que nos cobriram com suas orações. Ele está com o Senhor! Não cabe a nós questionar. Deus é soberano e nós vamos seguir adorando e servindo a esse Deus perfeito em sua soberana vontade. Ele sabe o que faz! Salmos 116:15 - Preciosa é à vista do Senhor a morte dos seus santos. Um dia nos veremos Matheus. Na eternidade eu vou te ver. Deus no controle. O céu é de verdade. Jesus venceu a morte. Matheus está vivo. Jesus vive", escreveu.
Cantora Eyshila acompanhou cortejo do filho Matheus Foto: Fabiano Rocha / Fabiano Rocha

Cantores gospel, amigos da família, também postaram mensagens de luto em redes sociais. Entre eles estavam Fernanda Brum, que chegou a visitar Matheus, enquanto ele esteve internado, Bruna Karla, Aline Barros, Regis Danese e Davi Sacer.

Leia mais: http://extra.globo.com/famosos/filho-da-cantora-eyshila-enterrado-no-rio-19511334.html#ixzz4Bl94GF